Mercado 1º semestre: veja quem bombou e quem desabou nas vendas

04/07/2016 - 14:05min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

img28590

Com o fechamento das vendas de junho na última quinta-feira (30), saiu também o resultado do mercado brasileiro no primeiro semestre de 2016: queda de 25,1% em relação a já fraca primeira metade de 2015, o que fez o setor automotivo cair aos níveis de 2006. Ou seja, voltamos a viver como 10 anos atrás…

Neste cenário trágico, porém, alguns poucos têm motivos para comemorar, por aumentarem suas vendas em relação a 2015, manterem o patamar ou ao menos caírem pouco em relação ao ano passado. E há também aqueles que despencaram de vez, seja por conta da crise, seja por conta da chegada de novos rivais ou por mudanças de posicionamento de mercado.

Veja agora quem está se dando bem e quem desabou nesta primeira metade de 2016, na comparação com o fechamento de 2015:

Em alta

img28591

Onix – Mesmo às vésperas da reestilização, o hatch da GM segue como o carro mais vendido do Brasil, posição que conquistou em 2015. Com as novidades para a linha 2017, pode ampliar a vantagem: terá uma inédita versão aventureira e um modelo de entrada específico, que vai manter o design atual.

img28592

HB20 – Além da mudança visual (leve), a Hyundai lançou a versão 1.0 turbo do seu compacto nacional, fazendo-o passar da terceira posição de 2015 para a segunda colocação em 2016 – chegando a ficar à frente do Onix em algumas parciais.

img28593

Ka – Já vinha numa boa quarta posição em 2015, agora em 2016 subiu ao pódio. Com a extinção do Fiesta 1.5 (mantido só para frotistas), pode ganhar vendas também nas versões mais caras, equipadas com motor 1.5. Hoje, a esmagadora maioria das vendas é do 1.0 3-cilindros.

img28594

Corolla – O maior fenômeno do mercado brasileiro na atualidade. Mesmo com sua versão mais vendida custando acima dos R$ 90 mil, o sedã médio da Toyota subiu da décima colocação em 2015 para uma surpreendente quinta posição em 2016! Mas deverá sofrer com as estreias dos novos Cruze e Civic.

img28595

Prisma – O sedã do Onix vem seguindo a toada do hatch, subindo da nona colocação no ano passado para a sexta neste primeiro semestre. E pode se dar bem com as mudanças que vêm por aí na linha 2017, como o visual repaginado e a adoção de direção elétrica, entre outros recursos para reduzir o consumo de combustível.

img28596

HR-V – Chegou a perder a liderança entre os SUVs compactos quando estreou o rival Renegade, mas depois retomou a posição e não saiu mais do primeiro lugar. No geral, saiu de décimo quarto em 2015 (lançado em março) para sétimo neste primeiro semestre de 2016.

img28597

Toro – Não era vendida em 2015, mas estreou em fevereiro deste ano com tudo. Assumiu logo de cara a segunda posição entre os comerciais leves (só perdendo para a líder Strada) e no acumulado de 2016 já passou modelos bons de loja, como Fit e EcoSport.

Em baixa:

img28598

Fiesta – Custava abaixo de R$ 40 mil no lançamento, em 2013, e agora na linha 2017 não sai por menos de R$ 52 mil, ajudado pelo fim da versão de entrada S com motor 1.5. Além disso, foi atrapalhado pelo sucesso do Ka, que deriva da mesma plataforma, porém, com projeto mais racional e barato. Por fim, teve a imagem arranhada pelos problemas do câmbio Powershift nas versões 2013/2014. Resultado: caiu nada menos que 20 posições no ranking, figurando agora em vigésimo sétimo e atrás do veterano Clio.

img28599

Palio – Após anos na vice-liderança atrás do Gol, em 2014 o Palio finalmente se consolidou como o carro mais vendido do Brasil. Só que a alegria durou pouco e em 2015 e ele já voltou ao segundo lugar, desta vez atrás do Onix. Em 2016, está ficando para trás também do HB20 e do Ka. A expectativa é que o Palio dê lugar a um novo hatch de maior porte, projeto X6h, que virá em 2017 como substituto também do Punto.

img28600

Uno – À espera de novidades enquanto a Fiat cuida do Mobi, o Uno também já não tem mais a força de outros anos. Saiu de um modesto sétimo lugar em 2015 para um preocupante décimo sétimo em 2016, atrás até do Siena. Deve ganhar uma injeção de ânimo com os novos motores da família GSE, 1.0 3-cilindos e 1.3, ambos com duas válvulas por cilindro e foco na economia de combustível. O lançamento será mais para o fim deste ano.

img28601

Voyage – Para quem era vice-líder entre os sedãs compactos, atrás somente do Siena, hoje o Voyage amarga a quarta posição no segmento, ficando atrás do próprio Siena, do HB20S e do novo líder Prisma. Para piorar, está com o Etios Sedan em sua cola. Mas a VW não parece muito preocupada, tanto que o Voyage sequer ganhou o motor 1.6 16V nas versões mais caras, mantendo o antigo 1.6 8V. No 1.0, ao menos recebeu o novo 3-cilindros.

img28602

Civic – Às vésperas de entregar o bastão para uma nova geração, o Civic está numa incomum (para ele) trigésima terceira posição, enquanto seu arquirrival Corolla brilha em quinto. Acontece que não é de hoje que a Honda vem tirando o pé da produção do Civic para dar conta da demanda pelo HR-V. Mas em 2017 ele promete voltar com tudo à briga, de geração nova e uma fábrica extra em Itirapira (SP).

Confira os 50 automóveis e comerciais leves mais vendidos de janeiro a junho de 2016:

1. GM ONIX 68.540

2. HYUNDAI HB20 55.925

3. FORD KA 34.572

4. FIAT PALIO 31.964

5. TOYOTA COROLLA 31.896

6. GM PRISMA 31.165

7. HONDA HR-V 30.886

8. VW GOL 30.525

9. FIAT STRADA 28.911

10. VW FOX 26.536

11. RENAULT SANDERO 26.418

12. JEEP RENEGADE 25.704

13. HYUNDAI HB20S 22.983

14. VW UP! 20.267

15. VW SAVEIRO 19.300

16. FIAT SIENA 18.729

17. FIAT UNO 18.368

18. TOYOTA HILUX 16.991

19. TOYOTA ETIOS HB 16.715

20. FIAT TORO 15.747

21. VW VOYAGE 14.101

22. TOYOTA ETIOS SEDAN 14.101

23. HONDA FIT 13.722

24. FORD ECOSPORT 12.518

25. RENAULT DUSTER 12.079

26. GM COBALT 11.035

27. GM S10 10.567

28. FORD KA+ 10.367

29. GM SPIN 10.194

30. RENAULT LOGAN 9.797

31. NISSAN VERSA 9.531

32. NISSAN MARCH 8.964

33. HONDA CIVIC 8.606

34. HONDA CITY 8.395

35. GM CLASSIC 8.296

36. RENAULT CLIO 8.203

37. FORD FIESTA 7.865

38. FORD RANGER 6.836

39. HYUNDAI TUCSON 6.780

40. RENAULT OROCH 6.546

41. FIAT MOBI 6.385

42. CITROËN C3 6.128

43. GM TRACKER 5.526

44. VW AMAROK 5.410

45. PEUGEOT 208 5.164

46. TOYOTA SW4 5.084

47. PEUGEOT 2008 5.027

48. FIAT PUNTO 5.018

49. FIAT FIORINO 4.892

50. HYUNDAI IX35 4.859

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?