Carros populares têm maus resultados em teste de batida

Resultados dos testes da Latin NCAP mostram que a segurança dos carros mais vendidos na América Latina é equivalente à de carros europeus há 20 anos. VEJA TAMBÉM OS VÍDEOS DOS CRASH TEST CLICANDO NA "GALERIA DE VÍDEOS" AO LADO.

27/12/2011 - 11:46min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

A Latin NCAP – programa independente de avaliação de carros novos vendidos na America Latina e Caribe – divulgou os resultados da segunda fase de seu programa piloto iniciado no ano passado. Nenhum dos cinco modelos populares testados apresentou bons resultados, de três ou mais estrelas tanto para adultos quanto para crianças. Quatro deles – Chevrolet Corsa Classic, Fiat Novo Uno, Chevrolet Celta e Ford Ka – tiveram suas estruturas consideradas instáveis pela entidade. Ou seja, a carroceria deformou excessivamente durante o teste de colisão.

No total, foram testados nove modelos, sendo cinco indicados pela entidade e quatro patrocinados pelos fabricantes. A Latin NCAP apenas indica as versões mais básicas entre os carros mais vendidos do mercado, que no Brasil são os modelos populares sem airbag. Com exceção do Chevrolet Cruze, todos os veículos testados tinham a mesma origem dos modelos vendidos no Brasil – México, Brasil e Argentina.

Os carros se chocaram frontalmente a um objeto deformável, que representa outro veículo, a 64 km/h, segundo os padrões adotados pela Euro NCAP. As diferenças de resultado entre os modelos com e sem airbag foram gritantes. Crianças no banco de trás estiveram bem protegidas em apenas três dos modelos testados

Chevrolet Corsa Classic

Adultos: 1 estrela / Crianças: 1 estrela

img19767

Chevrolet Corsa Classic

O Corsa Classic sem airbags foi o carro que apresentou o pior resultado nessa segunda fase de testes da Latin NCAP. O modelo foi indicado para testagem pela própria entidade. Os maiores riscos apresentados para o motorista são de batida da cabeça no volante e de ferimentos nos pés. Peito e joelhos também se encontram bastante desprotegidos, com proteção considerada marginal e fraca, respectivamente. Para o passageiro, há pouco risco de lesões na cabeça e nas pernas, mas peito, coxas e joelhos também estão expostos a risco, com proteção apenas marginal.

No caso das crianças no banco de trás, a de um ano e meio fica razoavelmente protegida, mas a de três anos é lançada com força para frente, sem que, no entanto, haja contato da cabeça com o banco frontal. As instruções de instalação das cadeirinhas foram insuficientes não estavam afixadas nos bancos. Uma das cadeirinhas apresentava incompatibilidades com os cintos de segurança.


Chevrolet Celta 1.4

Adultos: 1 estrela / Crianças: 2 estrelas

img19769

Chevrolet Celta 1.4

Também indicado pela Latin NCAP, o Celtinha sem airbags também expõe o motorista ao máximo risco na cabeça, nos pés e na perna esquerda. Peito, coxas e joelhos têm proteção apenas marginal. O passageiro, no entanto, está bem menos exposto, com proteção considerada boa ou adequada em quase todas as partes do corpo.

As crianças, por sua vez, encontram-se razoavelmente protegidas. O problema foram as cadeirinhas. Assim como aconteceu no Corsa Classic, as instruções de instalação foram insuficientes e não estavam afixadas no banco. Houve incompatibilidade de ambas as cadeirinhas com os cintos de segurança.


Fiat Novo Uno Evo

Adultos: 1 estrela / Crianças: 2 estrelas

img19771

Fiat Novo Uno Evo

Entre as indicações da Latin NCAP também figurou o Novo Uno, sem airbags. No caso do motorista, cabeça, peito e pés estão expostos aos mais altos níveis de risco. O choque da cabeça com o volante pode facilmente provocar ferimentos fatais. Estruturas rígidas no painel também podem ferir seriamente coxas e joelhos. O passageiro, por sua vez, corre risco maior apenas no peito e na perna esquerda, que apresentam proteção marginal.

No banco de trás, as crianças tiveram proteção considerada de razoável a boa, mas as cadeirinhas novamente tiveram problemas de instruções de instalação insuficientes não afixadas aos bancos. Uma delas era incompatível com os cintos de segurança.

Ford Ka Fly Viral

Adultos: 1 estrela / Crianças: 3 estrelas

img19773

Ford Ka Fly Viral

Indicado pela Latin NCAP e sem airbags, o Ford Ka foi outro que expôs o motorista aos mais altos riscos na cabeça e nos pés. Tanto cabeça como peito colidem fortemente no volante, podendo sofrer ferimentos graves. A proteção também é pequena para joelhos e pernas. Os passageiros estão mais bem protegidos, correndo risco maior apenas nas coxas e joelhos.

Dos carros mais básicos, o Ford Ka foi o único que apresentou uma proteção melhor para as crianças no banco de trás. As instruções de instalação se mostraram suficientes e estavam afixadas no banco. As duas crianças ficam bem protegidas.

Nissan March

Adultos: 2 estrelas / Crianças: 1 estrela

img19775

Nissan March

A Nissan resolveu patrocinar a testagem de dois de seus modelos, o Nissan March e o Tiida de dois airbags. A testagem do March, que também tem duplo airbag, é exclusiva para o mercado brasileiro, em razão de seu recente lançamento por aqui. O modelo apresentou boa proteção para a cabeça de ambos os ocupantes da frente, mas a proteção dos pés do motorista foi considerada pobre, uma vez que os pedais se soltaram no impacto.

A criança de um ano e meio ficou razoavelmente protegida, mas a de três anos moveu-se bruscamente para a frente durante o choque, ficando com a cabeça vulnerável. Esta não bateu no banco da frente, porém. As instruções de instalação da cadeirinha eram insuficientes e não estavam afixadas ao banco de trás.


Nissan Tiida Hatchback (1 airbag)

Adultos: 3 estrelas /Crianças: 1 estrela

img19777

Nissan Tiida Hatchback (1 airbag)

A versão indicada pela Latin NCAP foi aquela com apenas um airbag, o do motorista. Dos cinco carros escolhidos pela entidade, o Nissan Tiida foi o único que não apresentou estrutura instável e que obteve bom resultado para os adultos. O motorista fica bem protegido, com proteção considerada marginal apenas nas coxas e joelhos. No Tiida, é o passageiro que fica mais exposto ao risco. A proteção da cabeça foi considerada fraca, enquanto que a do pescoço, do peito e das coxas foi marginal.

No caso das crianças, no entanto, o desempenho foi bastante fraco. A de um ano e meio ficou razoavelmente protegida, mas a de três anos teve pobre proteção para o peito e ficou com a cabeça vulnerável. Isso porque o sistema de proteção recomendado pela Nissan falhou durante o teste, levando o boneco da criança de três anos a se mover bruscamente para a frente. Segundo a Latin NCAP, a Nissan e o fabricante da cadeirinha se comprometeram a trabalhar em conjunto para evitar essa mesma falha no futuro. Novamente, as instruções de instalação da cadeirinha eram insuficientes e não estavam afixadas ao banco de trás.

Nissan Tiida Hatchback (2 airbags)

Adultos: 4 estrelas / Crianças: 1 estrela

img19779

Nissan Tiida Hatchback (2 airbags)

ALatin NCAP testou também a versão com dois airbags do Nissan Tiida, a pedido e com patrocínio da montadora. O resultado foi bastante bom para os adultos, mas ainda fraquíssimo para as crianças. Com a presença do airbag no lado do passageiro, quem senta nessa posição consegue os mesmos níveis de proteção do motorista.

Mesmo sem a falha da cadeirinha, como ocorreu no teste do Tiida de um airbag, a proteção para as crianças ganhou apenas uma estrela. Novamente a de um ano e meio fica razoavelmente protegida, apesar de seu pescoço sofrer grande tensão durante o impacto. Já a criança de três anos fica com a cabeça vulnerável ao ser bruscamente lançada para frente. Não há, no entanto, contato da cabeça com o banco da frente. As instruções de instalação da cadeirinha eram insuficientes e não estavam afixadas ao banco de trás.

Ford Focus Hatchback

Adultos: 4 estrelas / Crianças: 3 estrelas

img19781

Ford Focus Hatchback

Com a testagem patrocinada pela Ford, o Focus com duplo airbag foi um dos poucos que apresentou resultados realmente bons no teste da Latin NCAP. Tanto passageiro quanto motorista ficaram bem protegidos, com exceção de coxas e joelhos, que apresentaram proteção apenas marginal. Todas as portas puderam ser abertas facilmente após a batida, e a deformação do carro foi mínima. As crianças também tiveram proteção de razoável a boa e não houve problemas com a fixação ou as instruções de instalação.

Chevrolet Cruze LT

Adultos: 4 estrelas / Crianças: 3 estrelas

img19783

Chevrolet Cruze LT

Outra estreia que teve seu teste patrocinado pelo fabricante foi o Cruze, com duplo airbag. Acontece que o modelo testado pela Latin NCAP era fabricado na Coreia, podendo apresentar alguma diferença estrutural em relação ao modelo fabricado no Brasil, em função, por exemplo, dos materiais utilizados. O resultado também foi bastante positivo.

Tanto motorista quanto passageiro ficaram bem protegidos, ficando o risco um pouco maior apenas para os joelhos de ambos. As crianças também ficaram bem protegidas nas suas cadeirinhas. As instruções de instalação da cadeirinha, porém, eram insuficientes e não estavam afixadas ao banco de trás.

Fonte: http://exame.abril.com.br

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?