Tetraplégico dirige Corvette nas 500 Milhas de Indianápolis 

Sam Schmidt perdeu os movimentos dos braços e pernas há 14 anos e guiará o esportivo mexendo a cabeça para trás e para os lados

11/06/2014 - 20:30min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
img25784

Há 14 anos, Sam Schmidt treinava no Walt Disney World Speedway para a temporada seguinte da Indy quando perdeu o controle do seu carro e sofreu um acidente. Depois de semanas de recuperação, o piloto deixou o hospital com a triste notícia de que não conseguiria mais mexer suas pernas e braços. Mas mesmo tetraplégico, Sam não deixou de lado a paixão pelas pistas. Aliás, fez exatamente o oposto. Hoje ele é um dos donos da equipe Schmidt Petersen Motorsports e, nas 500 Milhas de Indianápolis deste ano, pilotará um Chevrolet Corvette Stingray semiautônomo, adaptado em conjunto com a empresa Arrow Electronics.

Para isso, quatro câmaras de infravermelho foram instaladas no habitáculo do carro para captarem as indicações de Sam, que usará um boné com pequenas bolas reflexivas. Ou seja, com seus movimentos de cabeça, será possível acelerar e virar a direção para a esquerda e para a direita. Para frear, Sam usará um sensor na boca. Quando quiser parar, basta morder o equipamento, indicando o ritmo de frenagem. Além de tudo isso, o Corvette será equipado com um GPS que vai monitorar a distância entre o veículo e os obstáculos, mantendo o carro pelo menos um metros longe deles. Caso todos os sistemas falhem, Sam contará ainda com um piloto no banco do carona.

Fonte: www.motordream.uol.com.br

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?