Preço da gasolina subiu mais de 46% em um ano

05/01/2022 - 08:44min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
Posto de combustível_abastecimento

Se você tem um veículo a combustão, essa notícia não é nova: os preços dos combustíveis subiram quase que vertiginosamente em 2021. No entanto, é necessário comparar os relatórios da própria ANP (Agência Nacional do Petróleo e Biocombustíveis) para se ter a noção exata da situação surreal que estamos vivendo.

O último relatório semanal da ANP em 2020, apurado entre os dias 27/12/2020 e 2/1/2021, mostrou a gasolina custando em média no Brasil R$ 4,517 por litro. Já no relatório da semana final do ano passado, entre 26/12/2021 e 1/1/2022, o combustível está custando R$ 6,618 o litro na média nacional. A alta chegou a 46,5% na comparação dos dois períodos.

E como já é tradicional em nosso mercado, toda a vez que a gasolina sobe, o etanol “misteriosamente” acompanha a movimentação de alta. Na última semana de 2020, a ANP aferiu preços médios no Brasil de R$ 3,180 por litro. Em igual período de 2021, o combustível vegetal já estava saindo por R$ 5,063 o litro na média nacional. A alta no comparativo foi de 59,2%. Ou seja, o etanol encareceu mais que a gasolina no ano passado.

Já para o diesel comum (S500), que tem preços mais controlados por conta do impacto na economia, os valores do litro encerraram 2020 em R$ 3,675. Já na última semana de 2021, o preço médio nacional do combustível estava em R$ 5,336. A alta no comparativo foi de 45,19%.

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?