Mantega comemora alta na venda de veículos 

Contudo, ministro ainda não admite prorrogar redução do IPI

02/08/2012 - 09:05min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
img22091

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou estar satisfeito com os números de emprego no setor automotivo e considera cumprido o compromisso das montadoras de manter o nível de ocupações em troca da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) por três meses.

Mantega citou a evolução das vendas em maio, junho e estima que julho encerre com cerca de 360 mil unidades. “Será o melhor julho da história. Portanto, o programa de estímulo está sendo muito bem-sucedido.” Questionado pelos jornalistas, ele afirmou que, nesse momento, não se cogita a prorrogação da redução do IPI. O benefício termina em 31 de agosto.

O otimismo de Mantega parece considerar apenas as contratações pelas fabricantes de automóveis. Dados do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego revelam saldo negativo de 5,3 mil empregos no setor.

Apesar dos postos de trabalho criados pelas fabricantes de automóveis e componentes elétricos e eletrônicos, o setor de autopeças cortou 7,8 mil trabalhadores e os fabricantes de cabines e caminhões demitiram outros 2,7 mil. “A indústria de autopeças tem vários benefícios em curso, de modo que a situação vai ser revertida”, disse o ministro.

Fonte: AutomotiveBusiness

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?