Nova VW Amarok 2023 ficará maior e promete visual mais agressivo

23/02/2022 - 08:04min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Importante lançamento para o mercado global de picapes médias, a nova geração da Volkswagen Amarok aos poucos vai se tornando conhecida. Já foi antecipada através de esboços divulgados pela própria marca e aparece agora representada em projeção com design pra lá de agressivo. Será lançada nos próximos meses e trará avanços consideráveis após 12 anos de lançamento da primeira geração.

Completamente nova, a Amarok 2023 surgirá de parceria estratégica firmada entre Volkswagen e Ford. A picape abandonará a plataforma atual e passará a ser construída sobre a mesma arquitetura da nova geração da Ranger, recentemente apresentada. Dessa forma, o projeto levará o DNA da gigante norte-americana do ponto de vista técnico, mas terá a linguagem de design característica da VW na parte estética.

Nesse ponto, a projeção adianta que a marca apostará forte em linhas agressivas e dinâmicas. A dianteira terá grade ampla e com elementos integrados ao formato dos faróis, além de capô alto e para-choque com ganhos bem destacados em cor contrastante com a carroceria. Já na traseira, o destaque ficará por conta da grafia ‘Amarok’ estampada na tampa da caçamba em letras maiúsculas e bem chamativas.

Em termos dimensionais, a Amarok 2023 será cerca 10 centímetros mais comprida e cerca de 4 centímetros mais larga. Para efeito de comparação, o modelo atual mede 5,25 metros de comprimento e 1,95 m de largura. As novas medidas terão reflexo direto na otimização do espaço interno e no conforto ofertado aos passageiros (especialmente do banco de trás). Além disso, a distância em relação ao solo será ampliada em alguns centímetros na comparação com os 22 cm atuais.

Outra novidade diz respeito ao local de produção. Ao contrário da atual geração, a Amarok 2023 não terá a Argentina como base produtiva para o mundo. A partir da nova geração, esse papel será desempenhado pela fábrica de Silverton, na África do Sul, de onde a picape será enviada para diversos mercados globais. A unidade é de propriedade da Ford e também fará a próxima Ranger (como já acontece hoje).

A fábrica argentina de Pacheco, portanto, deixará de produzir a Amarok para dedicar exclusividade ao SUV Taos, abastecendo mercados da América do Sul. Há ainda possibilidade de a inédita picape monobloco Tarok também ser feita nessa planta, mas o martelo ainda não foi batido.

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?