Entenda a função do aditivo para radiador e como usá-lo

17/06/2022 - 09:37min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

O aditivo para radiador no carro é um item que suscita dúvidas. Algumas pessoas não sabem se devem utilizá-lo, outras não sabem como aderir a esse fluido automotivo, o que acaba interferindo no bom funcionamento do veículo, podendo causar prejuízos irreparáveis.

Para ajudar os leitores em dúvida, colhemos informações junto aos especialistas da Carupi, plataforma online de vendas de automóveis, e trazemos esclarecimentos sobre a utilidade do aditivo para radiador.

Para que serve o aditivo para radiador

Antes de falar do aditivo em si, vamos explicar como funciona o radiador do carro. Trata-se de um dispositivo presente no automóvel que funciona realizando a troca de calor entre o ar atmosférico e outra substância, geralmente, líquida.

Em seu núcleo, há uma série de canais, em formato de colmeia ou tubos, que permitem a passagem de ar. Ou seja: quanto maior o radiador, mais rápida será a troca de calor e, por consequência, o resfriamento do motor.

O radiador mais comum é o de arrefecimento, encontrado em carros refrigerados a água. Instalado na parte frontal do veículo, a peça se conecta ao motor por cabos. Existe, também, o radiador de óleo, que tem utilidade um pouco diferente – serve para arrefecer o óleo do cárter ou o fluido da transmissão.

As funções do aditivo

A principal função do aditivo é elevar o ponto de ebulição da água do radiador e diminuir sua temperatura de congelamento. Na prática, o que acontece é que, com o uso do aditivo para radiador, a água começa a ferver a partir de uma temperatura maior que 100º C e, ao mesmo tempo, ele evita o congelamento quando a temperatura é muito baixa.

Outra finalidade do aditivo para radiador é servir como um lubrificante da bomba d’água do automóvel, sendo uma alternativa melhor que a água por ajudar a prevenir a ferrugem e melhorar a lubrificação.

Embora consiga evitar o acúmulo de impurezas e ampliar a vida útil das peças do carro, o aditivo para radiador não deve ser considerado um produto de limpeza.

Os tipos de aditivo

Existem diversos tipos de aditivo para radiador, voltados para finalidades específicas e especialmente indicados para cada modelo de veículo. Por isso, antes de comprar um aditivo para radiador, consulte uma pessoa especializada. É possível adquirir o produto em lojas, na internet ou lojas distribuidoras.

O aditivo para radiador é um composto químico à base de etileno, mas há fórmulas e propriedades diferentes, o que torna a tarefa de escolher o produto mais adequado para o automóvel não muito intuitiva.

Mas a resposta para as dúvidas está ao alcance da mão. Basta consultar o manual do veículo, no qual as montadoras sempre incluem a informação.

A recomendação do fabricante deve ser seguida à risca, porque o motor foi projetado para funcionar com um aditivo para radiador que tem características específicas. Quando o motorista não leva isso em consideração, corre o risco de alterar o desempenho do sistema de refrigeração.

Confira os riscos de usar falsos lubrificantes automotivos

A mistura do aditivo com a água

Além de definir o melhor aditivo para radiador, a montadora também especifica qual é a proporção correta para a mistura com água – que é obrigatória –, bem como o prazo de troca desse fluido. Na maioria dos casos, a relação é de 40% de aditivo para 60% de água.

Falando em água, é preciso ressaltar que o uso de água de torneira não é recomendado. O ideal é que seja utilizada a água desmineralizada ou, no mínimo, tratada. A água de torneira contém minerais que podem gerar algumas reações químicas que comprometem as partes internas do motor.

Outro cuidado a ser tomado é quanto ao nível de água no reservatório, que deve ser, eventualmente, completado. No entanto, isso depende muito do modelo do carro: em veículos mais modernos, por exemplo, o fluido se mantém estável.

Quando o aditivo é usado corretamente, ele é responsável por prolongar a água no radiador, podendo chegar a mais de 200 mil km sem precisar completar o nível, dependendo do estado de conservação do sistema.

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?