Dados reforçam a importância da revisão periódica dos automóveis

01/06/2022 - 08:10min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Desatenção ao volante, desrespeito às leis de trânsito e negligência com as condições dos veículos estão entre as principais causas de acidentes nas vias. Dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) revelam que, entre 2011 e 2020, foram registradas 1.439 mortes nas estradas devido à falta de manutenção dos veículos. 

Neste Maio Amarelo, campanha internacional pela a redução de acidentes e mortes no trânsito, a Allianz Partners, empresa especializada em serviços de assistência 24 horas, levantou dados que reforçam o impacto da falta de revisão revisão periódica dos automóveis em todo o Brasil para a segurança.

Quase um terço das panes deve-se à falta da revisão periódica dos automóveis

Os números da Allianz Partners mostram que cerca de 30% dos atendimentos de socorro em função de panes estão ligados à falta de revisão.

No total, a empresa registrou mais de 1 milhão de atendimentos a automóveis ao longo de 2021 em todo o Brasil, sendo que 64,9% foram relacionados a algum tipo de problema mecânico ou elétrico. Além disso, do total de atendimentos,7,5% foram efetivamente chamados relacionados a acidentes com o veículo.

De acordo com os dados da empresa, disfunções na bateria são o principal motivo de acionamento, com quase 200 mil chamados. Panes elétricos, barulhos e superaquecimento do motor também estão no ranking dos acionamentos da Allianz Partners.

“Na maioria dos casos, esses contratempos podem ser evitados com um plano de manutenção preventiva bem definido, de modo que eventuais falhas possam ser previstas ou minimizadas”, alerta Leonardo Gava, Diretor de Operações Allianz Partners Brasil.

É preciso ficar atento a indícios

A maioria dos problemas, normalmente, dão sinais prévios de que irão ocorrer. Veja abaixo os principais indícios de falhas em importantes componentes do veículo:

  • Bateria – É possível observar na parte superior das baterias um indicador de carga, que mostra o quanto está carregada. A cor verde indica que a bateria está boa para uso, já a cor preta, pode indicar que ela está descarregada ou prestes a acabar.
  • Fusível – Muitas vezes, as panes elétricas são causadas por fusíveis queimados. Neste caso, a melhor forma de identificar o problema é olhando, no quadro de fusíveis do veículo, qual deles apresenta a lâmina interna rompida. Vale ainda ter alguns fusíveis reserva para não ficar na mão.
  • Superaquecimento – este item requer um conjunto de cuidados, como o uso do aditivo correto no líquido de arrefecimento, verificação da válvula termostática, das mangueiras, da tampa do reservatório e do funcionamento do eletroventilador.

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?