Os carros mais legais para comprar gastando entre R$ 45 mil e R$ 55 mil 

Todos são uma ótima escolha

20/03/2014 - 21:56min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Volvo C30 T5

img25479


O Volvo C30 já apareceu como sugestão do FlatOut, mas o modelo que se encaixa nesta lista é ainda melhor: o Volvo C30 T5. A letra T acompanhada do número 5, indica que esta versão é equipada com um motor de cinco cilindros de 2,5 litros turbinado, capaz de entregar 220 cv a 5.000 rpm e 32,6 mkgf de torque a partir de 1.800 rpm. Ele acelera aos 100 km/h em 7,1 segundos e chega aos 235 km/h, além de contar com a boa dinâmica da plataforma do Ford Focus e sua suspensão multilink na traseira. É possível achar um exemplar 2007 (anterior à reestilização) por cerca de R$ 50 mil.

Fiat Bravo T-Jet

img25476


O hatch médio da Fiat não vende bem — na verdade, é um dos que menos emplacam no segmento — e, obviamente, isto inclui a versão esportiva T-Jet. O lado bom disso é o preço tentador no mercado de usados: por cerca de R$ 50 mil você leva para casa um Bravo T-Jet 2012 — R$ 20 mil a menos do que um zero-quilômetro, e mais barato até mesmo do que o modelo de entrada. Com o mesmo motor 1.4 turbo de 152 cv e 21,1 mkgf de torque do Punto T-Jet, o Bravo é maior, tem acabamento melhor e, segundo a Fullpower, anda tanto quanto o irmão menor.

Ford Fusion

img25480


Diferentemente do modelo atual, a geração anterior do Ford Fusion era um sedã de origem americana (o Fusion europeu era um crossover baseado no Fiesta, como o EcoSport) e seu visual refletia a origem — mais retilíneo e com uma grande grade cromada na dianteira. Contudo, já era um carro competente — ainda mais na versão com motor V6 3.0 de 243 cv e tração integral sob demanda (ativada automaticamente quando detectada perda de aderência nas rodas traseiras), que pode ser encontrada hoje custando a partir de R$ 48 mil, já com a reestilização sofrida em 2009). Imponente e recheado — o único opcional era o teto solar —, o Fusion V6 AWD traz desempenho e conforto por preço de sedã médio de entrada.

Volkswagen Passat

img25481


Gosta do desempenho do Jetta TSI, com seu motor 2.0 turbo de 211 cv, mas quer algo mais confortável ou até mesmo uma perua? O Passat da geração anterior pode ser a solução. O motor é o mesmo que equipa hoje o Jetta, embora ainda tivesse 200 cv (o aumento de 11 cv aconteceu em 2013, mas não é difícil dar um jeito nisso), e levava o Passat aos 100 km/h em 7,8 segundos com máxima de 230 km/h (227 km/h no caso do Passat Variant). Quer ainda mais desempenho? Procure a versão com motor V6 (na verdade, um VR6) de 250 cv e tração integral 4Motion. Ambas podem ser encontradas por até R$ 55 mil, mas a primeira é bem mais comum.

BMW Série 3 E46

img25473


Praticamente obrigatória em nossos listas de guias de compra, a BMW aqui é representada pelo Série 3 E46 — mais precisamente, o 330i. O visual desta geração é um dos mais legais da história do Série 3, e o M3 foi o último a trazer um seis-em-linha aspirado, o S54 de 343 cv. No caso do 330i, o motor é o M54, uma versão mais mansa do encontrado no M3 — porém ainda é um belo motor, com 233 cv a 6.500 rpm e 29,6 mkgf de torque a 3.500 rpm. Com sorte, você encontra a versão Motorsport, com 5 cv a mais, pacote aerodinâmico e os bancos Motorsport. O 330i E46 pode ser encontrado por algo entre R$ 45 mil e R$ 55 mil.

Jaguar X-Type

img25474


A proposta do X-Type ao ser lançado, em 2001, era oferecer um Jag mais acessível e, com isso, aumentar o volume de vendas. A plataforma é baseada no Ford Mondeo de terceira geração, a última vendida por aqui. Com duas opções de motor V6 — um de 2,5 litros e 194 cv e um 3.0 de 231 cv — e tração integral, o F-Type e foi o modelo de entrada da Jaguar no Brasil de 2002 a 2009, sofrendo uma reestilização em 2007. Custando por volta de R$ 50 mil, o X-Type é perfeito para causar uma boa impressão sem criar um rombo no bolso — é preciso, porém, se preparar para a manutenção, que tende a ser bem mais cara que a do Ford Mondeo.

Citroën C5

img25475


Retirado da linha recentemente para dar lugar ao DS4, o C5 ele oferece desempenho adequado, excelente espaço interno e visual de cair o queixo — especialmente na versão perua, uma das mais bonitas já vendidas no Brasil em nossa opinião. Com motor 2.o 16v de 143 cv, a última geração do C5 já pode ser encontrada por menos de R$ 55 mil.

Troller T4

img25472


Um fora de estrada nacional resistente, robusto e de manutenção descomplicada: é a proposta do Troller, fabricado no Ceará. O grande atrativo do jipe é sua capacidade para enfrentar terrenos ruins e trilhas — denunciada pelo visual inspirado no Wrangler. Por R$ 55 mil é possível encontrar um exemplar 2006, com motor MWM turbodiesel de três litros, 163 cv e 38,8 mkgf de torque.

Audi A3 Sportback

img25477


A segunda geração do Audi A3 começou a ser importada para o Brasil em 2o06, com o fim da produção nacional do modelo anterior. Com R$ 55 mil já é possível levar para casa um exemplar desta primeira leva, equipado com motor 2.0 TFSI de 200 cv e câmbio manual ou Tiptronic, ambos de seis marchas. O visual alongado do Sportback faz dele quase uma perua, o que para muita gente — como nós — é um atrativo a mais, assim como o acabamento e o visual tipicamente alemão.

Dodge Dart

img25478


Você não achou que essa lista acabaria sem nenhum clássico, não é? O Dodge Dart brasileiro, vendido de 1969 a 1980, vem sendo oferecido exatamente na faixa de preço desta lista — de R$ 45 mil a R$ 55 mil. Como é um antigo, os valores não seguem um padrão — dependem muito mais do estado de conservação e da vontade do dono do que do ano de fabricação ou da versão —, mas em todos os casos oferece um motor V8 de 318 polegadas cúbicas e muito estilo. Quer começar seu próprio “Dart Games“?

Fonte: www.flatout.com.br

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?