Indenizações pagas pelo seguroDPVAT crescem 25% em 2013

Apesar da alta nos números gerais, quantidade de pagamentos por morte foi a única a registrar queda no país

12/02/2014 - 10:15min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
img24942

A quantidade de indenizações pagas pelo Seguro DPVAT aumentou em 25% ao longo de 2013 em comparação com os números registrados em 2012. No ano passado, a Seguradora Líder-DPVAT, responsável pelo seguro obrigatório, arcou com 633.845 pagamentos, ante 444.206 do ano anterior. Em 2013, o montante desembolsado pela empresa chegou a cerca de R$ 3,2 bilhões.

Os números registrados em 2013 mantiveram a tendência de alta na quantidade de indenizações. O número total registrado em 2012 já havia sido 39% superior ao registrado em 2011. A Seguradora Líder ressalta que os pagamentos são referentes às ocorrências registradas no próprio ano ou nos três anteriores, período em que o beneficiário ainda tem prazo disponível para solicitar o benefício.

Raio-X das indenizações

O perfil das vítimas indenizadas permanece bastante semelhante. De todos os beneficiários do DPVAT em 2013, 76% eram homens e 50,9% tinham entre 18 e 34 anos. Os condutores foram os principais acidentados, representando 60% do total, seguido por pedestres (22%) e passageiros (18%). A tendência de distribuição regional das indenizações permanece semelhante à do ano passado: o sudeste lidera, com 37% dos pagamentos, seguido pela região nordeste (18%), sul (17%), centro-oeste (10%) e norte (8%).

img24936

Chama atenção a quantidade de motociclistas vitimados por acidentes em comparação à quantidade de motos em circulação no país. Apesar de as motos representarem 27% da frota brasileira, os ciclistas representaram 70% dos pagamentos do DPVAT.

img24938

O dado positivo ficou por conta da redução de 10% na quantidade de indenizações por mortes em acidentes no trânsito, única categoria de pagamento que registrou queda em 2013. Foram pagas 54.767 indenizações por morte, seguidas por 134.872 por despesas médicas e hospitalares (aumento de 42%) e 444.206 por invalidez permanente (aumento de 26%).

img24940

Fonte: www.revistaautoesporte.globo.com

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?