Chegada do verão alerta para a manutenção preventiva do ar-condicionado 

Altas temperaturas aumentam a frequência do uso do equipamento, que pode comprometer a saúde dos ocupantes do veículo se não for revisado periodicamente

16/12/2013 - 10:47min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
img24526

Com a proximidade das férias, muitos motoristas se programam para realizar uma revisão preventiva em seus veículos antes de pegar a estrada. Itens como pneus, suspensão, freios, fluídos, lubrificantes, entre outros, são checados e até mesmo substituídos a fim de evitar problemas que possam causar aborrecimentos. No entanto, durante esse procedimento, a maioria dos proprietários se esquece de verificar um dos equipamentos mais exigidos nesta época do ano: o ar-condicionado.

Devido às altas temperaturas (que em algumas regiões do País ultrapassam os 40ºC), o sistema de climatização é utilizado com maior frequência, mas muitos motoristas não se dão conta que a falta de manutenção do equipamento pode ocasionar o acúmulo de microrganismos no filtro e, consequentemente, colocar a saúde dos ocupantes do veículo em risco.

“O filtro do ar-condicionado é muito importante para bloquear a entrada de fungos e sujeiras que podem provocar alergias respiratórias. Quem possui um carro equipado com o sistema deve checar o filtro periodicamente para verificar as suas condições”, recomenda Luciano Ponzio, responsável pelo pós-venda da micronAir, fabricante de filtros de cabine de veículos.

img24528

A manutenção correta do ar-condicionado, além de evitar alergias e doenças respiratórias, garante também que o equipamento funcione com maior eficiência, reduzindo o desgaste e o consumo de combustível do motor.

Higienização e manutenção

– O ar-condicionado deve passar por uma higienização a cada seis meses, em empresas e oficinas especializadas nesse tipo de serviço. No procedimento é trocado o filtro antipólen e é realizada uma limpeza simples, injetando um produto específico para a higienização da tubulação.

– A cada 30 mil quilômetros deve ser feita uma manutenção mais completa, que substitui os filtros antipólen e secador, além de limpar o evaporador, mangueiras e válvulas de enchimento. As trocas do óleo e do gás do compressor do ar-condicionado também são realizadas. Esse serviço custa, em média, R$ 600, dependendo do veículo e das condições do equipamento.

Fonte: www.carros.uol.com.br/

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?