Motoristas com deficiência poderão não pagar pedágio em rodovias 

Proposta (PLS 452/2012) que propõe a isenção já foi aprovada em decisão terminativa e seguirá para análise na Câmara dos Deputados. Parlamentares estudam viabilidade econômica da medida

17/03/2014 - 18:58min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
img25455

Aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, a proposta (PLS 452/2012) propõe isentar do pagamento de pedágio em rodovias motoristas com deficiência.

O projeto de Lei foi aprovado em decisão terminativa e, caso não seja apresentado recurso para apreciação em plenário, seguirá para análise da Câmara dos Deputados.

Pelo fato de o projeto não mencionar recursos orçamentários para cobrir as isenções, o relatório da senadora Lúcia Vânia (PSDB-GO) constata que o benefício seria custeado pelo aumento do valor do pedágio para os demais motoristas.

Por isso, para assegurar a viabilidade econômica da proposta, é necessário impor limite à gratuidade, segundo Lúcia Vânia.

Além disso, a senadora afirma que tal limitação pode se dar em função de fatores como a renda da pessoa com deficiência, o grau de comprometimento da sua acessibilidade e os recursos médico-hospitalares que precisa alcançar usando a rodovia. Porém, uma emenda acatada pelos senadores estabelece que essa regulamentação ficará a cargo do Executivo.

Fonte: www.transportabrasil.com.br

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?