International inaugura fábrica de caminhões no Brasil 

A unidade da International foi instalada em Canoas, no Rio Grande do Sul, e tem capacidade para produção de 5 mil caminhões por ano em três turnos de trabalho.

18/06/2013 - 08:53min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
img23799

A fabricante de caminhões International inaugurou sua primeira fábrica própria no Brasil, em um projeto que amplia a presença do grupo norte-americano Navistar no momento em que o mercado de veículos comerciais se recupera do forte tombo sofrido em 2012.

A unidade da International foi instalada em Canoas, no Rio Grande do Sul, e tem capacidade para produção de 5 mil caminhões por ano em três turnos de trabalho.

Com a inauguração da fábrica, a International vai disputar mercado com pesos-pesados do setor, incluindo as líderes no país: MAN; do grupo Volkswagen, Mercedes-Benz e Ford, que vendem entre 1.500 e 3.500 veículos por mês no país.

A inauguração da International ocorre em meio a alguns anúncios de novas marcas de caminhões ocorridas no mercado brasileiro este ano, com o objetivo de aproveitar os investimentos do país em infraestrutura.

No final de abril, a chinesa Shacman afirmou que vai investir 400 milhões de reais na construção de uma fábrica no interior de São Paulo com capacidade para 10 mil veículos por ano.

Depois de cair mais de 40 por cento em 2012 por problemas causados por mudança nas regras de emissão de poluentes do país e pela forte antecipação de compras em 2011, a produção de caminhões no Brasil acumula alta de 13 por cento de janeiro a maio deste ano, com as vendas avançando 2,2 por cento.

A International estima aumentar suas vendas no Brasil em 2013 em 35 por cento em relação aos 521 caminhões comercializados em 2012. A fábrica produzirá dois modelos, um pesado, com câmbio manual e automatizado, e um semipesado. Os veículos têm índice de nacionalização de 65 por cento.

A nova unidade faz parte de investimentos de 400 milhões de reais realizados pelo grupo Navistar no Brasil e na Argentina nos últimos três anos. Além da fábrica de caminhões, os recursos foram aplicados na divisão de produção de motores diesel MWM International. A companhia não revelou o investimento específico na fábrica de Canoas.

Fonte: www.caminhoes-e-carretas.com

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?