Chevrolet Blazer 2023 ganha facelift e mantém dianteira de Camaro

11/02/2022 - 07:55min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin

Desde que foi revelado mundialmente em 2018, o Chevrolet Blazer vendido nos Estados Unidos chamou a atenção de todos que gostam dos famosos SUVs, isso porque o utilitário se destacava por seu visual inspirado no Camaro. Agora quase quatro anos se passaram e o SUV feito com base em carro de passeio (não confunda com o Trailblazer vendido no Brasil, feito sobre chassi) ganhou uma discreta atualização visual.

Vale lembrar que no começo do ano, a CEO da General Motors, Mary Barra, anunciou que o Chevrolet Blazer 100% elétrico chegaria em breve ao mercado norte-americano. Realmente o SUV já ganhou uma versão livre de emissões com visual próprio, que chegará por lá no ano que vem, mas antes disso o Blazer a combustão recebeu uma reestilização de meia-vida na linha 2023 para se atualizar frente a forte concorrência na terra do Tio Sam, onde não faltam opções de utilitários.

Mas o que podemos dizer é que esse facelift do Blazer 2023 é um tanto discreto, algo até tolerável já que seu visual é bastante ousado – e justamente é nesses desenhos que as equipes de design das montadoras costumam ter mais trabalho. Vamos às mudanças: a dianteira ganhou uma nova grade frontal com filetes que se estendem para os cantos do para-choque, isso tanto na parte inferior, se conectado aos faróis, quanto na parte superior onde o filete fica abaixo da assinatura em LED – levemente redesenhada. Em resumo, a peça forma um “X” na dianteira, fora que a parte central tem acabamento em malha em vez de frisos horizontais do modelo antigo.

Na parte traseira as mudanças são ainda mais sutis, à exemplo das lanternas que mantiveram o formato, mas que trazem agora uma assinatura em LED mais tradicional no lugar dos elementos horizontais em Y dentro da peça. Ao menos nessa versão RS, o teto agora é pintado de preto, mesmo tom usado na parte inferior do SUV e nas molduras das caixas de roda. A rodas também ostentam um novo desenho, com a parte interna preta e a face diamantada. As opções de tamanho passam por conjuntos de 18, 20 e 21 polegadas.

Pulando para a cabine, o Chevrolet Blazer 2023 conserva o mesmo layout do modelo anterior, ou seja, ainda mantém as linhas inspiradas no Camaro com sua disposição horizontal e saídas de ar redondas que parecem turbinas de avião. O que muda mesmo é a central multimídia, que abandona a tela de 8 polegadas em favor de um conjunto maior de 10 polegadas, que acabou ficando mais destacada e acima da linha do painel. No mais, agora o carregamento de smartphone via wireless está disponível para todas as versões, enquanto o acabamento interno Nightshift Blue é exclusivo para a versão RS.

Debaixo do capô tudo segue como antes. Tem opção de motor 2.0 turbo como padrão, que rende até 231 cv e 35,67 kgfm de torque, sempre com tração dianteira. Há ainda o motor V6 3.6 aspirado de até 309 cv e 37,3 kgfm para as versões intermediárias e topo de linha, enquanto a tração integral é um opcional disponível para todas as configurações. Seja qual for o modelo, o câmbio é sempre automático de 9 marchas.

O novo Blazer 2023 estará à venda a partir de junho nos Estados, com os preços sendo revelados somente quando a data de venda estiver mais próxima.

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?