A nova Toyota Hilux

Picape ganha motor diesel mais potente e chassi reforçado

11/11/2015 - 19:32min

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
img28211

Do alto das 16 milhões de unidades vendidas em todo o mundo – 380 mil só no Brasil – desde seu lançamento, em 1968, a picape Toyota Hilux chega a sua 8ª. geração com novos motor e transmissão, chassi 22% mais resistente e design arrojado.

O portfólio, reduzido de dez para seis versões, inclui a Chassi-cabine 4×4 e câmbio manual (R$ 114.860); a versão Standard, cabine simples (R$ 118.690) ou dupla (R$ 130.960), tração 4×4 e câmbio manual; mais as versões SR (R$ 162.320), SRV (R$ 177.000) e a top de linha SRX (R$ 188.120), com cabine dupla, tração 4×4 e câmbio automático de seis velocidades. Todas com o novo motor turbodiesel 2.8, de 177 cv.

MAIOR E MAIS LARGA

A engenharia da Toyota enrijeceu em 22% o chassi da nova Hilux, com aumento de até 3 mm em sua espessura e 44% mais pontos de solda, e equipou a picape com novo motor turbo diesel de 2.8 litros e transmissão automática de seis velocidades.

O propulsor Toyota 1GD 2.8L possui quatro cilindros em linha, com turbo compressor de geometria variável (TGV) e intercooler. Mesmo com 200 cilindradas a menos do que o Toyota 1KD da geração anterior, esta evolução tem 6 cv a mais (177 cv a 3.400 rpm) de potência. Com relação ao torque, há um aumento de 22% na picape com transmissão manual (42.8 kgfm entre 1.400 e 2.600 rpm) e um aumento de 25% na versão com transmissão automática (45.9 kgfm entre 1.600 e 2.400 rpm).

A tecnologia Super ECT permite adequar o desempenho do veículo ao estilo de condução do motorista, quantidade de carga à inclinação do terreno. Comparada à geração anterior, a nova Hilux é 7 cm maior (5,330 mm), 2 cm mais larga (1,855 mm) e 4,5 cm mais baixa (1,815 mm). O compartimento de carga nas versões cabine dupla está 0,5 cm maior (1,525 mm), 2,5 cm mais largo (1,540 mm) e 3 cm mais alto (480 mm). O apoio da tampa da caçamba equipado com placas de aço, em vez de fios de aço.

img28210

FLEX SÓ NO ANO QUE VEM

Desde a versão de entrada, a nova Hilux conta com direção hidráulica progressiva, ar-condicionado, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, medidor de economia de combustível, aviso sonoro de chave de ignição e luzes acesas, limpador do para-brisa com temporizador e nivelador dos faróis.

Os vidros das janelas tem dispositivo antiesmagamento, travas e retrovisores elétricos a partir da versão SR, sendo que nas SR e SRV, os vidros possuem função um toque para subida e descida. A SRX, topo de linha, oferece esta mesma funcionalidade para os vidros das quatro portas, além do Smart Entry System, dispositivo que permite, por meio de uma chave inteligente, desbloquear as portas com a simples pressão do botão na maçaneta. Também foi adicionado o botão Push Start, facilitando a operação de ligar e desligar o veículo.

Um friso metálico horizontal cruza o painel de ponta a ponta, integrando as funções do quadro de instrumentos e operação com os controles do ar-condicionado e do sistema de som e navegação. O volante tem regulagem de altura e profundidade, e os bancos, com controle elétrico a partir da versão SR, reforçam a sensação de conforto.

A Hilux traz recursos como o Assistente de Partida em Rampas (HAC), Controle de Tração Ativo (A-TRC), Assistente de Controle em Descida (DAC), disponível nas versões SRV e SRX. As versões com motorização Flex chegam no final do primeiro semestre.

img28212

Tags:

Compartilhe:

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on linkedin
*Os comentários dos usuários não representam a opinião da APS Distribuidora, a responsabilidade é integralmente do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Abrir chat
1
Chame no WhatsApp!
Olá 👋
Como podemos ajudar?